Assembleias Locais tiveram início em fevereiro nos campi Boa Viagem, Crateús, Acaraú, Camocim e Morada Nova

43
Assembleia no campus Morada Nova

As Assembleias Locais tiveram início em fevereiro e os campi de Boa Viagem, Crateús, Acaraú, Camocim e Morada Nova foram os primeiros a receberem a comitiva do SINDSIFCE; 16 campi já foram contemplados, até o dia 12/03.

A pauta principal, além dos informes, é campanha salarial, pautas locais e a escolha de representantes de campi.

Reunindo servidores para o debate em torno do reajuste zero para 2024 e a reivindicação dos índices de 34% para Técnicos-Administrativos e 22% para docentes, o SINDSIFCE tem apresentado dados e pesquisas para demonstrar a intransigência do governo em aceitar a proposta da bancada sindical.

EM TEMPO – O governo propôs apenas 4,5% para o ano de 2025 e 4,5% para o ano de 2026.

Docentes e Técnicos Administrativos em Educação acumulam mais de 40% de inflação (de setembro de 2016 a dezembro de 2023, de acordo com o IPCA/IBGE), o que tem corroído o poder de compra desses servidores.

Além disso, as Assembleias discutem a restruturação das carreiras e encaminham resoluções para demandas específicas de cada campus.

Em Acaraú e Camocim, as Assembleias realizadas no dia 09/02, centraram suas discussões em torno da campanha salarial e nos rumos da negociação.

Já no campus Boa Viagem (05/02), servidores questionaram sobre os processos de afastamento do trabalho, considerando o caso da professora Emy, demitida do IFCE em um processo arbitrário, além das demissões frequentes que vêm ocorrendo dentro da Instituição. Outro tema em destaque foi a Reforma Administrativa e as estratégias para “enterrar de vez” a proposta.

Em Crateús, a Assembleia realizada no dia 05/02, debateu, no âmbito da pauta local, a proposta dos auxílios do governo, a causa jurídica do auxílio creche, quem tem garantido direito para mães e pais filiados ao SINDSIFCE e a banalização do instrumento de PAD.

Os servidores agradeceram a presença do Sindicato.

Para Lídia Farias, Diretora do SINDSIFCE, essas Assembleias “são fundamentais para encaminharmos as demandas da nossa base. Circular pelo Estado, nos dá uma radiografia muito importante do movimento e da luta”.

Por fim, no campus Morada Nova (19/02), os servidores centraram suas discussões em torno de uma possível greve e sua construção; eles lembraram que na greve ocorrida em 2012, o campus não aderiu, pois era um campus novo e que estavam ainda atuando para conquistar a credibilidade junto à comunidade.

Caso uma greve ocorra, os servidores sugeriram colocar anúncios na rádio e faixas na rua, buscando sensibilizar a sociedade como um todo e não apenas a comunidade acadêmica.

EM TEMPO – Em Assembleia virtual realizada no último dia 07/03, os filiados ao SINDSIFCE discutiram a construção da greve. 

Conheça os Representantes de campi

BOA VIAGEM – Talita Dantas Pinto

CRATEÚS – Jaiane Araújo de Oliveira

ACARAÚ – Carlos Eduardo Cordeiro Teixeira

CAMOCIM – Francisco Jorge Costa Ribeiro

MORADA NOVA – Gina Eugenia Girão

Em breve, nova agenda de Assembleias será divulgada.

Confira as imagens das Assembleias!

Boa Viagem

Crateús

Acaraú

Camocim

Morada Nova

TRADUÇÃO EM LIBRAS: