Salarial

Campanha Salarial 2022

Em 18 de janeiro de 2022, o Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (FONASEFE) deu início à Campanha Salarial 2022, onde os servidores federais fizeram uma manifestação em frente ao Ministério da Economia e protocolaram a solicitação de exigência de recomposição salarial. Passados mais de 45 dias, o Governo Federal ainda não se posicionou quanto à negociação.

Os trabalhadores e trabalhadoras do serviço público federal estão há quase cinco anos com salários congelados, sem recomposição, o que tem resultado em perdas financeiras severas para as diversas categorias.

Além da precarização do retorno às atividades presenciais na Educação, servidoras(es) públicas(os) sofrem com carestia e congelamento de salários. Campanha Salarial Unificada: FONASEFE protocola reivindicações e leva luta às ruas.

Os (as) servidores (as) públicos(as) federais no Brasil têm acumulado perdas salariais nos últimos anos da ordem de 49,28%. Não tivemos qualquer reajuste da inflação durante os últimos cinco anos, o que faz com que os salários estejam bastante defasados. Durante o governo Bolsonaro tivemos um expressivo aumento da inflação, que acumula o percentual de 19,99% de perdas, até dezembro/2021.

Nesse cenário, e em consideração ao Artigo 37 da Constituição Federal de 1988, que exige tratamento com isonomia para o conjunto dos(as) servidores (as) públicos(as), o FONASEFE exige que seja atendida, no plano mais imediato, as seguintes pautas de reivindicação:

1. Reajuste salarial de 19,99% para o conjunto dos servidores públicos federais;

2. Arquivamento da PEC 32, da Reforma Administrativa;

3. Revogação da EC 95/2016, que institui novo Regime Fiscal por 20 anos.

Confira abaixo material completo sobre a Campanha Salarial 2022.

Confira novo calendário da Campanha Salarial 2022:

– 12/05: Ato do Fonasefe junto ao ato do Congresso do SINASEFE – concentração às 14 horas no Espaço do Servidor e ida às 16 horas para a Praça dos Três Poderes
– 19/05: Atos do Fonasefe nos Estados e Distrito Federal
– 21/05: Reunião Ampliada das Entidades da Educação Federal (SINASEFE, Andes-SN e Fasubra), em Brasília-DF
– 31/05 e 01/06: Atos do Fonasefe em Brasília-DF – #OcupaBrasília

Vamos todos à luta, rumo à greve unificada! No SINASEFE, a deflagração do movimento paredista já tem data: 16/05.