SINDSIFCE marca presença na abertura do 42º Congresso do ANDES-SN

19
FOTO: ASCOM ANDES-SN

Mais de 600 docentes participaram, na manhã de ontem (26), da abertura do 42º Congresso do ANDES-SN. Instância máxima deliberativa da categoria docente, o evento segue até 1º de março, no Centro de Convivência do campus Pici, da Universidade Federal do Ceará (UFC), em Fortaleza.

FOTO: ASCOM SINDSIFCE

Valmir Arruda, Coordenador Geral do SINDSIFCE esteve presente, prestigiando o encontro que tem como tema central “Reverter as contrarreformas, em defesa da educação, dos serviços públicos, das liberdades democráticas e direitos sociais”.

“Ficamos muito felizes com o convite do ANDES. É importantíssimo estarmos aqui, estreitando os laços com os colegas que atuam e militam nas Universidades Federais. No momento em que a educação está em pauta, é fundamental termos unidade na luta. Temos muitas pautas em consonância e encontros como esse fortalecem nossa parceria. Desejo que o evento seja um sucesso!”.

Sobre essa unidade, Artemis Martins, da coordenação-geral do Sinasefe, disse não ser possível “reconstrução no Brasil sem garantir a valorização do serviço público e das carreiras dos servidores públicos, por meio da união”. A coordenadora também citou o caso da professora Êmy Virgínia Oliveira da Costa, primeira professora trans do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), que foi exonerada de forma arbitrária e irregular em 8 de janeiro. Para ela, trata-se de uma política arbitrária e de assédio por parte da gestão do IFCE.

FOTO: ASCOM ANDES-SN

Após a abertura, foi realizada a Plenária de Instalação, com aprovação do regimento e do cronograma do 42º Congresso do ANDES-SN.