Chega de cortes na Educação!

O Ministério da Economia anunciou nesta segunda-feira (25) que o bloqueio adicional de R$ 6,73 bilhões deve ser nos Ministérios da Saúde e da Educação!

Na última sexta-feira (22), um decreto publicado informava que um bloqueio adicional de R$ 6,73 bilhões deve ser feito no orçamento nesse ano, para que o governo não ultrapasse o teto de gastos.

O corte, elaborado pela pasta comandada por Paulo Guedes, ocorre a menos de três meses das eleições e em um cenário de arrecadação crescente.

É um absurdo que novos cortes sejam realizados na Educação! Não há mais o que cortar! O quadro já é desolador! Muitas Universidades e Institutos só conseguem garantir o funcionamento até setembro!

Chega de cortes da Educação! Somos área prioritária!

Fora Bolsonaro! Fora Paulo Guedes!