Campanha salarial 2024: governo não apresenta proposta mais uma vez

42
Foto: ASCOM SINASEFE

Foi realizada na tarde de ontem (16/11), em Brasília-DF, mais uma reunião da Mesa Central da Mesa Nacional de Negociação Permanente (MNNP), que teve como pauta as reivindicações da Campanha Salarial 2024.

Pressão da base muda comportamento do governo

Assim como nas reuniões de 10/08 e 29/08, o governo não mostrou nenhum índice para a recomposição salarial – o que foi considerado um desrespeito pela bancada sindical.

Contudo, devido ao movimento de pressão realizado do lado de fora pelo ato dos servidores “Chega de Blá-Blá-Blá, Queremos Respostas Já”, foi firmado o compromisso de apresentação de um índice em nova reunião, que acontecerá em 15 de dezembro.

O SINASEFE foi representado na manifestação por todos os presentes no 35º CONSINASEFE, que interrompeu sua programação para engrossar as fileiras do ato!

Delegação do SINDSIFCE participou do ato.

Eixos de reivindicação da Campanha Salarial 2024

  1. Recomposição Salarial das perdas acumuladas a partir de julho de 2010;
  2. Equiparação entre os benefícios dos servidores e servidoras do Poder Executivo com os dos demais Poderes (Legislativo e Judiciário);
  3. Instalação, em caráter de urgência, das Mesas Específicas e Temporárias (que debaterão a reestruturação das carreiras);
  4. Revogaço (revogação de todas as Medidas Provisórias, Portarias e Decretos que atacam os servidores e os serviços públicos).

Com informações da comunicação do SINASEFE.

TRADUÇÃO EM LIBRAS: