Grito dos Excluídos e Excluídas 2023 tem previsão de atos em 25 estados; confira locais e horários no Ceará

105
Cartaz oficial do evento
Grito dos Excluídos e das Excluídas vai às ruas em 25 estados brasileiros neste feriado de 7 de setembro. São dezenas atos previstos, com o tema “Você tem fome e sede de quê?”, que propõe reflexões e ações em busca de alternativas para a dificuldade de acesso aos alimentos e à água.

A primeira edição do Grito foi às ruas em 1995. A proposta surgiu a partir de atividades da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), com inspiração no tema da Campanha da Fraternidade daquele ano: “Fraternidade e Excluídos”, e o lema “Eras tu, Senhor?”.

As manifestações acontecem anualmente, sempre no dia 7 setembro, como contraponto ao Grito da Independência, que foi proclamado por um representante da família real portuguesa. A ideia é levar para as ruas e praças os gritos silenciados que vêm dos campos, porões e periferias da sociedade.

Além das atividades no dia 7, várias localidades terão outras mobilizações nos dias anteriores (como na capital maranhense, São Luís) e, eventualmente, em datas posteriores.

Veja locais com atos programados no Ceará:

  • Crato (CE) – 8h – Praça São Vicente
  • Fortaleza (CE) – 8h30 – concentração na Avenida Jornalista Tomaz Coelho, 2050
  • Iguatu (CE) – 7h30 – Praça dos Redentoristas, Prado
  • Jaguaruana (CE) – 6h – Capela do Tabuleiro

Em Fortaleza, confira como será o trajeto:

Sobre o Grito

A origem do Grito remonta à Segunda Semana Social Brasileira, promovida pela Pastoral Social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), realizada entre 1993 e 1994, quando estava à frente da Pastoral Social o bispo Dom Luiz Demétrio Valentini.

Embora a iniciativa esteja diretamente ligada à CNBB, desde o início diversos organismos participam do movimento, como as igrejas do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs, sindicatos, entidades estudantis, movimentos sociais, organizações e entidades envolvidas com a justiça social etc.

Acesse site oficial.

Redação Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ) |  

Tradução em libras: