Curso de Formação Sindical SINDSIFCE | Aula inaugural discutiu a crise do Capital e os impactos sobre a organização do trabalho e do trabalhador; assista na íntegra

62
Reprodução Google Meet

O SINDSIFCE promoveu, na última quarta-feira (04), a primeira aula do seu Curso de Formação Sindical. O Curso se propõe a ser espaço de debate e formação qualificada acerca de temas urgentes que envolvem a relação do trabalhador e da trabalhadora com as novas formas de organização do Capital e do Estado e as suas implicações nas vidas e carreiras dos servidores.

Em formato virtual, os professores Fábio Sobral, da Universidade Federal do Ceará e Giovanni Alves, da Universidade Estadual Paulista, por mais de duas horas, discutiram “a crise do Capital e os impactos sobre a organização do trabalho e do trabalhador.”

Fábio Sobral relembrou conceitos fundamentais e indicou o caminho para discussão que se seguiria: “irei tratar do capital no momento atual, já que o professor Giovanni Alves – talvez um dos maiores especialistas no tema das relações de trabalho – está aqui presente e poderá abordar essa discussão com maestria”.

Ao final, o professor Fábio parabenizou o SINDSIFCE pelo Curso, declarando que a “iniciativa é enorme, ao reunir pessoas do Ceará e de todo país no debate de tema tão importante”.

Giovanni Alves, em sua fala inicial, agradeceu a oportunidade de “tratar de tema permanente em nosso tempo histórico. Vivemos profundas mudanças na morfologia do trabalho; mudanças profundas na formar de organizar o trabalho: nas formas de contratação, nos novos métodos de Gestão (metas e qualidade do serviço, por exemplo), na precariedade salarial – nas empresas privadas e públicas. É sobre isso que vamos tratar aqui.”

Para ampliar o alcance do debate, estamos disponibilizando, em nosso Canal do Youtube, a íntegra da aula. Assista:

Continuidade do Curso de Formação Sindical

No próximo dia 11/10, abordaremos a “caracterização do Estado e o papel do servidor público brasileiro”. Os palestrantes serão Renato Roseno e Raquel Dias, com mediação de Cezar Amario, Diretor do SINDSIFCE.

Renato Roseno

É advogado, graduado pela Universidade Federal do Ceará (UFC), servidor público federal (Analista de Políticas Sociais) e Deputado Estadual no estado do Ceará pelo Partido Socialismo e Liberdade -PSOL (2015-2019 e 2019-2023). É Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania e do Comitê Cearense pela Prevenção dos Homicídios na Adolescência, membro titular do Comitê Estadual de Prevenção e Combate à Tortura e do Conselho Estadual de Direitos Humanos. Já atuou como assessor parlamentar na Assembleia Legislativa do Ceará (Dep. Estadual João Alfredo), bem como na coordenação do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente do Ceará – CEDECA (2000-2006) e da Associação Nacional dos Centros de Defesa da Criança e do Adolescente – ANCED (2002-2004). Coordenou pesquisas e projetos relacionados a infância, como a Pesquisa de Tráfico sobre Crianças, Adolescentes e Mulheres para fins de Exploração Sexual (PESTRAF/CECRIA) e o projeto da ANCED para fortalecimento das ações de proteção jurídico-social desenvolvidas pelos CEDECAs, além de ter desenvolvido consultorias para diferentes organizações e movimentos sociais em defesa dos direitos humanos. Dedica-se aos seguintes temas: direitos humanos; direitos da infância e juventude; desenvolvimento e avaliação de políticas públicas; enfrentamento à violência contra crianças e adolescentes.

Raquel Dias

Professora associada do Centro de Educação da Universidade Estadual do Ceará, ministrando as disciplinas de Política e Planejamento Educacional e Formação e Identidade do Pedagogo. Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual do Ceará (1994), Mestrado em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará (2000), Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Ceará (2006) e Pós Doutorado em História pela Universidade Federal Fluminense (2020). É coordenadora do Grupo de Estudos Educação: Teoria e História. É integrante do Grupo de Pesquisa Ontologia do Ser Social, História, Educação e Emancipação Humana. Tem experiência de investigação na área de Trabalho, Educação e Organização de Classe, atuando principalmente nos seguintes temas: trabalho e educação; movimento sindical docente; movimento estudantil; universidade pública; política educacional; Escola sem Partido; formação do(a) pedagogo(a).

TRADUÇÃO EM LIBRAS: