A luta por direitos e dignidade dos servidores públicos continua: veja o calendário

24

Na última reunião da Mesa Nacional de Negociação Permanente (MNNP), realizada em 18 de dezembro, o Governo Federal (após seis meses de muita protelação) apresentou a sua resposta às demandas expostas no início do ano pelos servidores públicos.

A devolutiva do Governo Lula foi:

  • reajuste 0% para 2024;
  • 51% a 52% de aumento no auxílio-alimentação, no per capita da saúde suplementar e na assistência pré-escolar (aplicados a partir de maio de 2024) – índices muito aquém da isonomia reivindicada;
  • apontamento de reajuste de 9%, dividido em duas vezes de 4,5%, para os anos de 2025 e 2026.

Vale ressaltar que essa “proposta” do Governo Federal é excludente e rifa os aposentados de ganhos em 2024, por apresentar aumento apenas nos benefícios para este ano.

Chegou a hora de ir às bases construir a nossa contraproposta!
As entidades do Fonasefe chegaram ao consenso de remeter às bases de todas as categorias o debate de uma contraproposta unitária dos servidores federais.

Essa contraproposta será construída com o auxílio de levantamentos e estudos do Dieese e terá como ponto central a busca por recomposição salarial para o funcionalismo ainda em 2024!

Por isso, as entidades nacionais representativas dos servidores públicos (dentre as quais, o SINASEFE) deverão debater com suas bases a contraproposta e, na próxima terça-feira (30/01), levar o acúmulo deste debate à Plenária Nacional Unificada do Fonasefe – onde serão aprovadas as próximas ações da Campanha Salarial 2024!

Agenda
24/01 – Dia Nacional de Luta em Defesa dos Aposentados
30/01 – 09:00 às 13:00 – Plenária Nacional Unificada do Fonasefe
30/01 – 20:00 – Live com apresentação da contraproposta do Fonasefe

Com informações da ASCOM do SINASEFE.

TRADUÇÃO EM LIBRAS: