Facebook Youtube RSS
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Notícias

  25/06/2021 

Em assembleia, servidores do IFCE reafirmaram necessidade de ampla vacinação, incluindo estudantes, e condições seguras para retorno presencial

 

Em Assembleia Geral online na noite de quinta-feira, 24/6, as servidoras e os servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) reafirmaram a necessidade de ampla vacinação da população em geral, incluindo os estudantes, e de atendimento às diversas outras condições necessárias para que possa haver uma retomada segura de atividades híbridas ou presenciais na instituição. 
 
Diante da marca de mais de 500 mil mortes por Covid-19 no Brasil e do fato de os indicadores de riscos continuarem extremamente elevados, os servidores reforçaram a posição da entidade sindical sobre as condições necessárias para retorno presencial.
 
Com base em documentos e orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e de médicos infectologistas, o SINDSIFCE tem alertado para a necessidade de vacinar pelo menos 70% da população em geral, adequar a infraestrutura dos campi para viabilizar o distanciamento entre pessoas, avaliar constantemente as condições gerais de saúde pública e transmissão comunitária, garantir transporte público seguro, suficiente e sem aglomeração, um enorme desafio, dada a realidade vivenciada pelos servidores e estudantes. Também é necessário amplo acesso a máscaras adequadas, N95/PFF-2, álcool-gel e testagem permanente, como política pública.
 
A Diretoria do SINDSIFCE fez informes sobre a reunião realizada entre o Sindicato e a Reitoria, na terça-feira, 22/6, sobre essa questão e sobre a proximidade do fim do prazo de vigência da resolução No. 10, de 26/2/2021, do Conselho Superior (Consup), que estabeleceu "a continuidade das atividades na forma remota até 31 de julho de 2021". 
 
Na reunião, o reitor Wally Menezes e pró-reitores do Instituto se comprometeram com retorno ao trabalho presencial no IFCE somente após ampla vacinação e condições seguras. "A principal decisão aqui é que estamos pensando em um retorno seguro em data possível com segurança", destacou. 
 
Os gestores do IFCE atenderam as solicitações do SINDSIFCE para publicar uma nova matéria sobre o tema nos veículos oficiais do Instituto e para formalizar o quanto antes o propósito de retorno presencial somente quando houver segurança. Para isso, um novo documento será proposto pela Reitoria e encaminhado para debate e aprovação pelo Consup, bem antes de 31/7, data-limite para o trabalho remoto conforme a resolução 10/2021.
 
Assembleia reiterou necessidade de condições seguras
 
Já na Assembleia Geral desta quinta-feira, o pró-reitor de Gestão de Pessoas do IFCE, Marcel Ribeiro, reforçou esse entendimento da Reitoria, em sintonia com o dos servidores.
 
"O principal neste momento de tantas dúvidas é a gente tentar trazer um pouco de tranquilidade. O professor Wally repetiu muito que não temos condições de cogitar neste momento um retorno presencial. Os pró-reitores também têm falado isso", ressaltou, frisando que, de acordo com o "vacinômetro", ferramenta implementada pelo IFCE para mensurar a quantidade de servidores e estudantes vacinados, menos de 1% dos discentes tiveram acesso à vacina até o momento. 
 
"Menos de 1% dos estudantes se vacinaram. Um retorno abrupto presencial é algo inviável na nossa realidade", afirmou. A Diretoria do SINDSIFCE destacou que dados como esse demonstrado pelo "vacinômetro" confirmam o processo lento e insuficiente de vacinação da população em geral, realidade também vivenciada pelos estudantes do IFCE, extremamente distante do necessário para o atendimento a um dos vários critérios a serem levados em conta para segurança em um retorno híbrido ou presencial.
 
Eleição do Conselho Fiscal
 
Na assembleia os servidores também elegeram os integrantes do Conselho Fiscal responsável por acompanhar a gestão financeira e patrimonial do SINDSIFCE. Qualquer servidora ou servidor filiado poderia se candidatar. Foram aclamados por unanimidade os servidores Gina Eugênio Girão, Paulo Marconi Linhares e Iziane Silveste Nobre (titulares) e Germana de Sousa Vieira (suplente). O mandato é de dois anos.  
 
Manifestações do 19J: Fora Bolsonaro!
 
Nos informes da Assembleia Geral, diversas servidoras e falaram sobre a participação dos trabalhadores do IFCE nos atos públicos realizados no sábado, 19/6, em municípios cearenses, como Fortaleza, Morada Nova e Tauá. A importância da participação dos servidores foi destacada, assim como a preparação para as próximas manifestações, marcadas para 24 de julho, pelo "Fora Bolsonaro", contra a reforma administrativa e a destruição dos serviços públicos, por vacinação já e seriedade contra a pandemia, por auxílio emergencial de R$ 600,00, contra os cortes de orçamento da educação, entre outras bandeiras.
 
Última atualização: 11/08/2021 às 19:44:59
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome
Nome é necessário.
E-mail
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

FONES  (85)  3223-6370 / 99858-0145 FAX  (85)  3281-0209 sindsifce@hotmail.com
SINDSIFCE - Sindicato dos Servidores do IFCE
Rua Aratuba, Nº01-A, Benfica - Fortaleza - Ceará
CEP 60040-540  /  CNPJ 23.563.257/0001-57
desenvolvimento www.igenio.com.br