Facebook Youtube RSS
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Notícias

  25/03/2020 

SINDSIFCE reforça apelo aos servidores e estudantes: fiquem em casa! Não acreditem em Bolsonaro. A Covid-19 mata! O momento é de defender a vida

O Sindicato dos Servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará reforça aos trabalhadores, estudantes do IFCE e a seus amigos, colegas, familiares: FIQUEM EM CASA! Tomem todos os cuidados. Lavem as mãos várias vezes ao dia, com água e sabão. Escolha uma pessoa para sair de casa somente para as tarefas mínimas, essenciais e inadiáveis, como comprar alimentos e remédios. Proteja sua saúde e a dos mais idosos e vulneráveis. 
 
No Brasil de 2020, tornou-se necessário afirmar o óbvio e repetir todos os alertas. Não, não acredite no presidente da República! Não siga o que ele disse em rede nacional de TV, na noite desta terça-feira, 24/3. Não pense que é só uma "gripinha", nem que supostos "ex-atletas" estariam imunes às consequências do vírus, nem que pessoas jovens estão "100% garantidas". Não ache que é "exagero", "histeria", "ataque da imprensa". Não acredite em quem defende que as escolas, universidades, o comércio e as indústrias já podem voltar a abrir. A doença Covid-19, provocada pelo novo coronavírus, mata! E vem matando mais e mais pessoas, de diferentes faixas etárias, todos os dias.
 
E não é só na Itália, na Espanha, nos EUA, onde as mortes, infelizmente, dispararam em números que nos angustiam todos os dias. É no Brasil, onde já são quase 50 mortes comprovadamente causadas pela doença. 
 
As projeções dos médicos e estatísticos são simplesmente assombrosas, com nosso País encarando uma tragédia de enormes proporções, agravadas ainda mais se não cumprirmos o protocolo definido pela Organização Mundial de Saúde e respeitado pelos países mundo afora: quarentena, distanciamento social, isolamento. 
 
Essa é nossa única chance! A única forma de retardar a proliferação do vírus e, de forma decisiva para nossa vida, a de nossos pais, avós, amigos, colegas, entes queridos, diminuir o impacto sobre a rede hospitalar, aumentando a chance de atendimento para todos que necessitem. É isso que devemos cobrar da Presidência da República, do Ministério da Saúde, da secretarias estaduais e municipais. Nossas vidas estão em jogo!
 
O SINDSIFCE repudia mais esta atitude do presidente da República, que leu em rede nacional de TV e rádio um discurso escrito, conforme já revela a imprensa, em grande parte por um de seus filhos e desenvolvido no chamado "Gabinete do Ódio", grupo de pessoas focadas em produzir cada vez mais conteúdos, incluindo "fake news", que motivem confronto social permanente, para que toda a incompetência e a falta de condições do presidente e de seus cúmplices fique em segundo plano. É, essa é a triste realidade do Brasil em 2020.
 
O plano é o "quanto pior, melhor". Eles sabem que, se as pessoas não ficarem em casa, se as escolas e universidades voltarem às aulas desde já, se as indústrias e o comércio não pararem, se todos não tomarmos cuidado, a quantidade de mortos será imensa. E eles não se importam! Sim: não estão nem aí, como dizemos no Ceará. O próprio Bolsonaro disse em entrevista recente na TV: "Vão morrer alguns do vírus? Sim, vai acontecer. Lamento". Enquanto ele "lamenta", nós, os brasileiros e as brasileiras, morremos.
 
A falta de respeito, de escrúpulos, de humanidade não é coisa de quem "é autêntico", "fala o que pensa", de quem "é louco" ou "sem noção". Trata-se de um jogo estudado passo a passo, para gerar maior tensão no País, reforçar a base militante do "bolsonarismo" e  insistir na "guerra cultural", mesmo que o preço sejam vidas de brasileiros e brasileiras, em número maior do que a própria capacidade de realização de funerais e sepultamentos. Ele apenas "lamenta". Mas quer que você, estudante, volte às aulas desde já, contribuindo para que o vírus se dissemine ainda mais rápido e atinja você e sua família.
 
Bolsonaro aposta no caos e na convulsão social como única possibilidade de sobreviver no poder, agora que, diante do atual comportamento desastroso, está perdendo o apoio da grande elite financeira nacional, de grande parte das Forças Armadas (mesmo levando tantos generais para dentro do Palácio do Planalto), de parte crescente dos segmentos religiosos e da classe média, ambos decisivos para que ele tenha conseguido chegar à Presidência. 
 
O pedido de  "impeachment" chegou à ordem do dia, em plena pandemia. Os panelaços se repetem diariamente. Governadores e deputados já falam em tirar do poder quem não tem a menor condição de exercê-lo. Quem brinca de jogar com "fake news" em rede nacional de rádio e TV, mesmo contribuindo para multiplicar as mortes que essa doença é capaz de provocar.
 
O Ceará é o terceiro estado com maior número de casos confirmados de Covid-19. Precisamos seguir em casa, praticando o distanciamento social. Nesta e na próxima semana, o aumento dos casos será cada vez mais rápido. Só parando os contatos sociais poderemos ter chance de retardar a proliferação do vírus, fazendo com que todos que necessitem possam ser atendidos, inclusive nos leitos extras que estão sendo montados em hospitais estaduais e municipais, além dos hospitais de campanha, como o que está sendo preparado no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. Tudo isso é real. Está acontecendo. É verdade! Ao contrário de Bolsonaro.
 
Por amor a você e aos outros, fique em casa! Na luta, conte sempre com o SINDSIFCE! Seguiremos na batalha pela liberação dos servidores e das servidoras, dos terceirizados e terceirizadas, em prol da vida.
 
A Diretoria Colegiada do Sindicato dos Servidores do IFCE
Última atualização: 25/03/2020 às 11:53:10
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome
Nome é necessário.
E-mail
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

FONES  (85)  3223-6370 / 99858-0145 FAX  (85)  3281-0209 sindsifce@hotmail.com
SINDSIFCE - Sindicato dos Servidores do IFCE
Rua Aratuba, Nº01-A, Benfica - Fortaleza - Ceará
CEP 60040-540  /  CNPJ 23.563.257/0001-57
desenvolvimento www.igenio.com.br